Material de Apoio

 Sobre a Gramática
 Morfologia
 Sintaxe
 Fonologia
 Semântica
 Estilística
 Redação

Pratique

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Provas On-line

Ajuda

 Dúvidas Frequentes
 Conjugador de Verbos
 Qual é o Gênero?
 Dicas de Português
 Comunidade
 Fórum de discussão
 Área dos Professores
 Laifis de Português

Entretenimento

 Jogos
 Maltratando a Língua
 Fala Popular
 Expr. Redundantes
 Pérolas Gramaticais
 Qual é a Expressão?
 Trava-Línguas
 Humor na Língua

Produtos/Serviços

 Shopping Líng. Portug.
 Videoaulas em DVD
 Softwares em CD

Diversos

 Portuguesinho
 Português na História
 Português no Mundo
 Formação da Líng. Port.
 Curiosidades
 Estrangeirismos
 Neologismos e Gírias
 Abreviaturas e Siglas
 Expressões Idiomáticas
 Origem das Expressões
 Reforma Ortográfica
 Glossário
 Notícias
 Artigos e Reportagens
 Indicação de Livros
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Como é feita a tradução de games para o português?

Por João Coscelli

De uns anos para cá, alguns jogos começaram a ser comercializados com localização brasileira, o que significa ter os textos da caixa e dos folhetos internos traduzidos e, principalmente, o próprio game em português.

A tradução é um fator importante para atrair um novo público ao mercado de games e, por isso, com o crescimento do segmento no País, as publishers passaram a dar mais atenção a jogos traduzidos. Mas como é o processo de passar todo um game da sua língua original para outra? Quem faz, como faz e quando faz? O Modo Arcade foi atrás de tudo isso.

Normalmente a tradução é feita por agências especializadas em jogos, e não nas próprias publishers. Essas empresas reúnem profissionais especializados em tradução de games e contam com revisores e todo tipo de gente que trabalha para textos e áudios saírem com perfeição na língua do país que vai receber o game traduzido.

Quem lidera o processo é o gerente de projeto de localização (ou LPM, na sigla em inglês). É ele quem orienta o grupo de tradutores e revisores envolvidos sobre a linha de trabalho adotada e, por isso, precisa ser alguém bastante familiarizado com games.

Um dado importante é o de que os tradutores não têm acesso ao jogo. O que eles recebem são arquivos de texto (documentos, planilhas) que a desenvolvedora fornece como script (roteiros para gravação de áudio) ou conteúdo in-game (textos de telas e menus), além de algumas informações gerais sobre o game.

A partir daí, começa de fato o processo da localização, que pode ser parcial ou total. Ela é parcial quando menu, legendas e outros textos são traduzidos, mas o áudio original é mantido, e total quando as falas são dubladas.

O estúdio que faz tanto a tradução quanto a dublagem é o mesmo, mas isso não impede algumas inconsistências, como quando o personagem diz uma coisa, mas a legenda mostra outra completamente diferente. Quem explica é Carlos Cassemiro, da Quoted, agência de localização que presta serviços para a EA e a Warner Bros. Entertainment aqui.

“Após a tradução vem a fase de gravação do áudio e a equipe do estúdio tem acesso prévio aos textos. Após ler o roteiro, o diretor de dublagem sugere adaptações para a fala sair mais fluída, isso é normal. Durante a gravação, o dublador fala sentenças de forma diferente da legendada e isso é corrigido no script, que é enviado, junto com o áudio, à produtora do game”, diz.

Em outras palavras, o texto inicialmente traduzido no papel é modificado até a versão final, mas sempre alinhado para ser idêntico antes do arquivo ser entregue à empresa que fez o jogo. O problema, continua Cassemiro, é quando a produtora não usa o script modificado ou quando o responsável pelos testes decide alterá-lo, deixando a dublagem sem mudanças. Por isso há casos em que legenda e dublagem estão diferentes.

Além disso, durante o processo, vários cuidados devem ser tomados, como a definição de um padrão para a tradução de determinados termos. Outro ponto é a adaptação de elementos culturais para a realidade brasileira, o que geralmente é informado ao cliente, que aprova ou não a modificação. Cada plataforma também tem sua própria terminologia e não adianta fazer uma única tradução para todas – cada uma precisa de uma versão específica.

Finalmente terminado o processo da tradução, começa a fase de testes de linguagem para a verificação dos textos e áudios do jogo, quando os profissionais checam se falas e legendas correspondem e aparecem na hora certa, por exemplo. Nessa etapa, entram em cena os language testers, jogadores fluentes em cada um dos idiomas – o natural e o traduzido – que são convocados para testar o game e apontar quaisquer falhas que passaram despercebidas. Feitas as correções, o processo de localização é finalizado e o game finalmente está apto a ir para as lojas.

29/04/2013

Fonte:   estadao.com.br

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato de Usuário | Anuncie | Fale conosco
Copyright © 2007-2017 Só Português. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.