Material de Apoio

 Sobre a Gramática
 Morfologia
 Sintaxe
 Fonologia
 Semântica
 Estilística
 Redação

Pratique

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Provas On-line

Ajuda

 Dúvidas Frequentes
 Conjugador de Verbos
 Qual é o Gênero?
 Dicas de Português
 Comunidade
 Fórum de discussão
 Área dos Professores
 Laifis de Português

Entretenimento

 Jogos
 Maltratando a Língua
 Fala Popular
 Qual é a Expressão?
 Expr. Redundantes
 Pérolas Gramaticais
 Trava-Línguas
 Humor na Língua

Produtos/Serviços

 Shopping Líng. Portug.
 Videoaulas em DVD
 Softwares em CD

Diversos

 Portuguesinho
 Português na História
 Português no Mundo
 Formação da Líng. Port.
 Curiosidades
 Estrangeirismos
 Neologismos e Gírias
 Abreviaturas e Siglas
 Expressões Idiomáticas
 Origem das Expressões
 Reforma Ortográfica
 Glossário
 Notícias
 Artigos e Reportagens
 Indicação de Livros
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Unipessoais: são aqueles que, tendo sujeito, conjugam-se apenas  nas terceiras pessoas do singular e do plural. Entre os unipessoais estão os verbos que significam vozes de animais, como:

bramar (tigre)

bramir (crocodilo)

cacarejar (galinha)

coaxar (sapo)

cricrilar (grilo)

Os principais verbos unipessoais são:

1. cumprir, importar, convir, doer, aprazer, parecer, ser (preciso, necessário, etc.).

Observe os exemplos:

Cumpre trabalharmos bastante. (Sujeito: trabalharmos bastante)
Parece que vai chover. (Sujeito: que vai chover)
É preciso que chova. (Sujeito: que chova)

2. fazer e ir, em orações que dão ideia de tempo, seguidos da conjunção que.

Observe os exemplos:

Faz dez anos que deixei de fumar. (Sujeito: que deixei de fumar)
Vai para dez anos que não vejo Cláudia. (Sujeito: que não vejo Cláudia)

Obs.: todos os sujeitos apontados são oracionais.

Pessoais: não apresentam algumas flexões por motivos morfológicos ou eufônicos.

Por exemplo:

  verbo falir

Este verbo teria como formas do presente do indicativo falo, fales, fale, idênticas às do verbo falar - o que provavelmente causaria problemas de interpretação em certos contextos.

Por exemplo:


  verbo computar

Este verbo teria como formas do presente do indicativo computo, computas, computa - formas de sonoridade considerada ofensiva por alguns ouvidos gramaticais. Essas razões muitas vezes não impedem o uso efetivo de formas verbais repudiadas por alguns gramáticos: exemplo disso é o próprio verbo computar, que, com o desenvolvimento e a popularização da informática, tem sido conjugado em todos os tempos, modos e pessoas.

d) Abundantes: são aqueles que possuem mais de uma forma com o mesmo valor. Geralmente, esse fenômeno costuma ocorrer no particípio, em que, além das formas regulares terminadas em -ado ou -ido, surgem as chamadas formas curtas (particípio irregular).

Observe:

INFINITIVO

PARTICÍPIO REGULAR

PARTICÍPIO IRREGULAR

Anexar

Anexado

Anexo

Dispersar

Dispersado

Disperso

Eleger

Elegido

Eleito

Envolver

Envolvido

Envolto

Imprimir

Imprimido

Impresso

Matar

Matado

Morto

Morrer

Morrido

Morto

Pegar

Pegado

Pego

Soltar

Soltado

Solto


Anterior  Índice Próximo

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

 

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato de Usuário | Anuncie | Fale conosco
Copyright © 2007-2017 Só Português. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.